Seleção cobogós: Os 8 mais queridinhos de arquitetos e designers

Por 26 de outubro de 2018Decoração

Os cobogós são peças decorativas e vazadas que conferem volume, textura e permitem a passagem de ar nos ambientes. São elementos arquitetônicos versáteis e a sua multifuncionalidade deve ser aproveitada ao máximo, sejam como objetos de decoração ou para delimitar os espaços e criar privacidade. A peça caiu no gosto de designers e arquitetos que usam os cobogós também para projetar sombras, seja de luz natural ou artificial, deixando qualquer espaço mais poético e intimista. Uma vez que existem muitos formatos, materiais e cores distintas, é possível inovar a decoração da casa e garantir muita personalidade ao projeto de arquitetura.

Os cobogós surgiram na década de 50 e eram utilizados principalmente nas fachadas de casas e prédios. Hoje em dia, eles são utilizados com bastante autonomia por arquitetos, que, com muito mais liberdade de criação, elaboram projetos incríveis transformando os cômodos da casa em lugares com muito estilo e personalidade. Alguns formatos roubam a atenção e são queridinhos entre os profissionais da área. Seja pelo formato, pelo material ou pela textura, confira quais são as peças favoritas dos designers e arquitetos e os motivos para esta escolha.

 

Confira quais são os modelos preferidos de cobogós que arquitetos e designers utilizam em seus projetos.

 

1 – Cobogó Origami

Para criar o seu próprio estilo de cobogó, a designer Ana Paula Castro explorou o volume e as proporções da tradicional arte de dobraduras japonesas conhecida como origami. A peça tem figuras geométricas tridimensionais e um design bruto, mas que também entrega leveza e a tradição oriental.

 

2 – Biombo Cobogó

Os cobogós funcionam perfeitamente para criar separação dos ambientes através do formato de biombo. Esta linha especificamente tem uma grande variedade de cores e o material é de MDF revestido com resina PET, composta por até 80% de material reciclado. Uma excelente opção para projetos sustentáveis e engajados.  

 

3 – Leno Solarium

Este modelo é simples e sofisticado, composto por três elegantes e diferentes elementos. Esta linha de cobogós é produzida por material cimentício e permite diversas criações de acordo com a criatividade o projeto. O Cobogó Leno da Solarium ganhou este ano (2018) o IF Design Award, garantindo a peça todo o destaque que merece.

 

4 – Cobogó Votú

O cobogó Votu foi desenvolvido para garantir a privacidade sem comprometer a ventilação e a passagem de luz e ar. O designer por trás do projeto, Arthur Casas, ganhou prêmios pela inovação das peças e por ser um dos responsáveis por retomar com muito sucesso, o uso dos cobogós na arquitetura brasileira.

 

5 – Cobogó Arqué

Este modelo chama a atenção pelo formato, tamanho (há peças de 3mm!) e principalmente pela beleza do Lazúli. Esta cor tem significado místico e já foi muito utilizada por Faraós, que acreditavam que esta tonalidade incrível de azul escuro atraia boas energias e purificava os ambientes.

 

6 – Cobogó Barras

O cobogó Barras é perfeito para projetos de arquitetura com estilos rústicos e que buscam elementos de decoração natural. A madeira dá leveza e pode ser usada em quartos, salas, escritórios e áreas externas da casa.

 

7 – Cobogó Foglio

O modelo Foglio reforça o estilo contemporâneo dos projetos de arquitetura. Eles são feitos de cerâmica esmaltada e é uma releitura dos modelos clássicos usados na década de 50. Desenvolvido para atender as regiões quentes do país, ele ainda agrega uma plástica incrível no ambiente e nas edificações.

 

8 – Cobogó Listras

A designer Ana Paula Castro compôs uma série de elementos vazados para encaixar sobre diversos lados da peça e assim, gerar uma impressão visual de continuidade. Feito de madeira, os cobogós são utilizados tanto em áreas internas como externas e atende muitos estilos de projetos. 

Para sempre ter acesso ao conteúdo da Tanto sobre design, decoração e inovações para projetos de arquitetura, continue acompanhando o blog e não deixe de fazer o download da nossa revista virtual.