fbpx

Porcelanato polido ou fosco para cozinha? Saiba como escolher.

Por 5 de setembro de 2017Pisos
blog-porcelanato-polido-fosco-cozinha-Tanto

Em alguns ambientes, a hora de decorar pode se transformar em uma grande tarefa. Decidir o porcelanato de determinado cômodo, por exemplo, nem sempre é fácil. Além do leque de opções de tamanho, modelo, cor, aplicações e rejunte, ser quase infinito, muitos espaços precisam de atenção redobrada, como é o caso das cozinhas. Esse ambiente sofre diretamente as consequências do contato diário com a umidade e produtos químicos, por isso, escolher o porcelanato ideal pode evitar futuros danos e arrependimentos.

Pensando nisso, preparamos para esses cômodos duas opções de porcelanato e como usá-los sem dor de cabeça.

PORCELANATO POLIDO

Seu acabamento super brilhoso faz do porcelanato polido o favorito de quem gosta desse tipo de acabamento. Além do seu efeito ser ótimo para atribuir amplitude aos cômodos pequenos, esse modelo pode ser responsável também por transmitir sensação de limpeza ao local, principalmente se for aplicado na cor branca tradicional, fazendo dele uma boa opção para cozinhas.

Revestimento polido para cozinhas

Porém, é preciso ter cuidado. A superfície dos porcelanatos brilhosos é extremamente lisa em sua maioria, podendo tornar o chão escorregadio. Logo, quando aplicado em cozinhas, o cuidado para evitar quedas e acidentes precisa ser constante, o que reflete um ponto negativo se crianças e idosos forem presença confirmada na sua casa.

CORES

Esse é um dos principais momentos para ousar na sua decoração, apesar do porcelanato polido em branco ainda atribuir ao ambiente um aspecto luxuoso, cozinhas e banheiros não precisam mais ser total white.

Jet Black Polido

Jet Black POL 100×100 – Cerâmica Portinari Projeto Casa Cor 2017 – arquiteto Léo Shehtman

 

Em ambientes que estamos acostumados com claridade, as cores cinza e preto podem parecer um desafio. Mas, quando utilizadas com êxito, atribuem ao espaço toques de modernidade e seriedade. Porém, cuidado para não exagerar e transformar o cômodo em um lugar cansativo.

Porcelanato Polido

 

Na imagem acima, o bege foi uma boa opção para atribuir calor ao cômodo sem precisar usar cores muito fortes. Além disso, a combinação com o balcão em madeira aderiu um ar rústico ao local.

PORCELANATO FOSCO

Como o próprio nome diz, nessa opção o brilho é inexistente, mas isso não inibe a capacidade do revestimento em trazer elegância ao espaço, pelo contrário. Sua principal característica é essencial para quem quer acabar com o tradicional aspecto frio dos banheiros e cozinhas.

Cimento ACT – Cerâmica Portinari

 

Mais seguro, no porcelanato fosco o chão escorregadio não é um problema. Além disso, sua resistência e acabamento opaco amenizam a preocupação com riscos e pequenos danos. Dessa forma, esse modelo pode ser o ideal para acertar na decoração de cozinhas e banheiros.

 

CORES

As cores do porcelanato fosco são as responsáveis pelas sensações que o estilo pode transmitir.

Porcelanato fosco

Porcelanato Fosco

Nessa opção de porcelanato, a dica é fugir do clássico branco. Seu aspecto fosco torna o lugar mais aconchegante, invista em cores que reforçam essa ideia.

 

REJUNTE E LIMPEZA

Nesses tópicos, os dois modelos possuem dicas muito parecidas. No rejunte de ambos não existe uma regra exata, mas quanto mais parecida for a cor do rejunte e do porcelanato, maior vai ser a sensação de perspectiva no ambiente.

Porcelanato polido branco

Já na limpeza, a praticidade é um ponto positivo para os dois. Se feita com frequência, apenas um pano úmido é o suficientemente para retirar a sujeira. Evite produtos como água sanitária, principalmente no porcelanato polido, com o tempo a química pode danificar o revestimento.

APLICAÇÕES

A aplicação do porcelanato, independente do seu tipo, merece muito cuidado. Pode ser aplicado somente no chão, no cômodo inteiro, até a metade da parede ou apenas em um detalhe da parede. Opção é o que não falta e é nesse momento que cada detalhe precisa ser pensado com atenção para que o resultado final não se torne uma decepção. No porcelanato polido, é preciso tomar cuidado para não transformar um ambiente luxuoso em algo cheio de informação e de difícil compreensão. Já no porcelanato fosco, a linha entre algo aconchegante/elegante e algo pesado/cansativo pode ser muito tênue.

Por fim, como já foi dito anteriormente, não existe uma regra exata. Dicas são ótimas para nos mostrar um caminho, mas é preciso também a vontade de inovar e mudar. Juntando todos esses elementos, poucas são as chances da sua decoração dar errado.

Veja mais sobre os produtos deste post: