A vida lá fora: como deixar os espaços externos incríveis

Por 6 de novembro de 2018Decoração

Durante os meses do Outono e Inverno, em especial para as cidades onde as temperaturas ficam realmente baixas, nada mais natural do que seguir com uma rotina mais introspectiva, de reflexão e observação. Afinal, nada combina mais com os dias de frio do que sentar no sofá, protegido por mantas e cobertores, com uma xícara de chá na mão e simplesmente observar o mundo lá fora. Por mais que ele esteja lá, com o movimento da rotina, nos dias de frio, a vida acontece dentro de casa.

 

Fonte: pinterest

 

De fato, cada estação tem o seu charme e cada pessoa tem as suas preferências.  Mas, se o Outono chama para o interior, a Primavera é o verdadeiro convite para viver a vida lá fora… Assim como o Verão. Isso pode ter muitos significados. Um almoço com os amigos na área gourmet, uma reunião de família no jardim ou aquele churrasco com todas as pessoas queridas em volta da piscina.

 

As áreas externas possuem muito potencial

Muitas vezes, acabamos não dando tanta atenção, ou melhor, não aproveitando todo o potencial das áreas externas, seja ela a varanda do apartamento, a piscina, os mini spas. Ou apenas as áreas de relaxamento da casa. No entanto, um dia de céu azul, calor e descanso é o convite perfeito para usufruir da vida lá fora.

Aproveitar os dias é sinônimo de criar histórias e, por mais poético que pareça ser, são estes momentos que ficam na memória e para a eternidade. Garantir ambientes que proporcionem estas convivências sociais, a interação com os amigos e a família, é fundamental para que a sua casa seja um espaço realmente especial no mundo.

 

Aproveitando a vida lá fora

Afinal, como transformar todas essas ideias em ambientes de verdade? Como planejar todos estes “sentimentos” e “histórias” em um espaço para a família e os amigos?

O primeiro passo é deixar de lado aquela imagem dos jardins geométricos, simétricos e com referências francesas. O momento atual é de contato com a natureza e conexão com a realidade. Então, é hora de se transportar para ambientes mais orgânicos, que deixam a natureza definir as formas e onde as texturas falam mais alto. O importante aqui é pensar no ambiente como um espaço de interação e que deve ter cada m² pensado para que seja aproveitado.

 

Fonte: Pinterest

 

Os desenhos geometricamente planejados dão espaço a ambientes mais orgânicos, onde a natureza fala por si só. O centro das atenções são as peças que proporcionam o convívio entre os convidados ou a própria família. Ou seja, a mesa, os grandes bancos e poltronas, além de elementos lúdicos como balanços e espreguiçadeiras, que são sempre bem-vindas neste novo tipo de jardim.

Além disso, lembre-se da importância dos revestimentos para definirem a atmosfera que vai ser criada nesta vida “lá fora”, opte sempre por elementos de aspecto natural ou pisos rústicos.

 

Fonte: Home BNC

 

Que tal deixar o ambiente externo ainda mais especial?

Para deixar a vida lá fora completa, nada melhor do que pensar em uma piscina para acrescentar ainda mais valor. Os momentos em família serão ainda mais especiais. Agora, esqueça os projetos megalomaníacos, com piscinas enormes e uma estrutura quase olímpica.

A palavra de ordem é o convívio, para isso, nada melhor do que criar ambientes – mesmo que seja a piscina – com uma atmosfera aconchegante. Para isso, é fundamental trabalhar com revestimentos naturais para a área molhada, sendo os rústicos, em especial a madeira os mais recomendados, além de pensar em soluções que fogem ao lugar comum para a própria piscina, pedras, cimentícios e pastilhas em tons mais escuros são excelentes ideias.

 

Fonte: Pinterest  @GardenLife

 

E aí, que tal começar a preparar os seus projetos para valorizar ainda mais a relação entre as pessoas? A Tanto está aqui para te ajudar com dicas de produtos que podem transformar qualquer ambiente em um lar! Confira as nossas tendências e outras novidades no nosso Instagram e Facebook.