fbpx

Decoração vintage: aprenda tudo sobre esse estilo

Por 13 de junho de 2018Decoração
decoracao-apartamento-vintage-retro-historiasdecasa-07

“Vintage”, se você se interessa pelo universo da arquitetura e design de interiores, é bem provável que já tenha escutado ou lido essa palavra em algum lugar. De origem inglesa, ela é usada para definir algo que seja antigo, de boa qualidade e que é trazido de volta à tona nos dias de hoje. A maioria das peças ligadas ao estilo vintage têm a sua origem dos anos de 1920 à 1960.

A verdade é que quase todo mundo tem aquele móvel, herança de um avô ou bisavô, de excelente qualidade, mas morre de medo de incorporá-lo na decoração, não é mesmo? Pois com o estilo vintage é possível brincar com estes elementos, garantir um certo ar de nostalgia sem deixar o ambiente datado. E a vantagem é que ele sempre é uma tendência para a decoração. Aprenda agora como decorar com o vintage.

 

Em primeiro lugar, a origem do estilo Vintage

Durante muitos anos, a palavra vintage esteve totalmente relacionada ao mundo da enologia. Isso mesmo, o termo era usado para indicar as melhores colheitas de uvas e, consequentemente os melhores vinhos daquela safra. Ao longo do tempo, a palavra foi sendo absorvida pelo universo do design, arquitetura, decoração e até mesmo pelo mundo da moda.

O vintage passou a significar o resgate de peças, estilos e características estéticas de determinadas épocas. Inspirações nos  ladrilhos de outras décadas, estofados característicos de um certo período, formas e uma paleta de cores específica fazem do vintage uma opção de personalidade e, ao mesmo tempo muita delicadeza para a sua casa.

Fonte: Casa Vogue

Fonte: Casa Vogue

 

Como decorar usando o estilo vintage

Ao contrário do que muitos pensam, o vintage e o retrô são um pouco diferentes. Pois, o primeiro refere-se ao uso de peças antigas, já o último significa a utilização de elementos que fazem alusão à determinado período. É claro que não há regras ou restrições na hora de criar o ambiente para a sua casa, mas é importante saber esta diferença.

Decorar usando o estilo vintage requer um certo tempo, pesquisas e um verdadeiro garimpo. Uma maneira interessante de começar é fazendo aquela busca familiar, descobrindo móveis e peças que estão deixadas de lado e que podem ganhar vida nova em um décor vintage. Essa característica está muito relacionada ao estilo de décor parisiense, como já falamos aqui.

 

O vintage também é uma tendência para o inverno! Quer saber mais? Clique aqui e acesse o nosso editorial de inverno gratuito!

 

Além disso, não dispense as idas aos antiquários e feiras de antiguidade, é possível encontrar verdadeiras raridades para a sua casa. Um detalhe importante para não se sentir perdido ou criar uma decoração harmônica é focar em uma década ou período mais específico. Anos 20, 30, 40, 50 até o 70, veja qual mais combina com o seu estilo.

Fonte: Casinha Colorida

Fonte: Casinha Colorida

Fonte: Casa Vogue

Fonte: Casa Vogue

 

Ambientes vintage

Escolher uma década pode não ser simples. Afinal, há tantas opções que podemos nos sentir um pouco perdido. Então, veja algumas possibilidades para usar o estilo vintage na sua casa:

Quarto: o vintage pode ser o estilo perfeito para deixar o quarto mais aconchegante. Os anos 20 são uma boa inspiração com uso de abajures com formas curvas, tecidos orgânicos, uma paleta de cores suave, espelhos com molduras trabalhadas e os revestimentos com aspecto de madeira, são o ideal para acompanhar a iluminação indireta deste ambiente.

 

Fonte: Encadree Posters

Fonte: Encadree Posters

 

Cozinha: os anos 50, principalmente dos famosos restaurante norte-americanos são a escolha certa para deixar a sua cozinha com ar vintage. Geladeira e revestimentos  coloridos em formatos pequenos, 20X20, ajudam a dar este toque. Quer uma ideia diferente? Então siga o estilo parisiense de decoração, pois ele por si só já tem aquele perfume vintage.

 

Fonte: Kvart Blog

Fonte: Kvart Blog

 

Banheiro: o banheiro não pode ficar de fora desta ideia. Aqui valem o uso dos ladrilhos no piso para criar o ambiente retrô. Peças vitorianas, com pés curvos e linhas orgânicas ajudam a deixar o clima ainda mais nostálgico. Ah, e não se esqueça de um belo arranjo de flores.

 

Fonte: Blog Carro de Mola

Fonte: Blog Carro de Mola

 

Sala: o modernismo brasileiro dos anos 60 é uma excelente década para ser explorada na sala. Elementos vazados como o cobogó, que é genuinamente brasileiro, é indispensável nesta decoração. Além disso, invista em sofás e poltronas ícones desta época para deixar o cômodo ainda mais bonito.

 

Fonte: Casa Cláudia

Fonte: Casa Cláudia

 

Vintage e moderno: uma combinação possível

Se você acha que o vintage não combina com elementos modernos, podemos afirmar que está completamente enganado. Muito pelo contrário, o mais interessante deste estilo é poder brincar com os elementos e conjugá-los com itens contemporâneos. Como exemplo, você pode ter uma sala moderna, com revestimentos em grandes formatos, e um belo sofá vintage. Já no quarto, as cômodas vintage dão charme ao ambiente contemporâneo e aquele armário vitoriano, ganha um ar ainda mais especial com as peças modernas do banheiro.

 

Fonte: Revista Casa & Jardim

Fonte: Revista Casa & Jardim

 

Já virou fã do vintage? Continue acompanhando o blog da Tanto e descubra tudo o que você precisa para  sua casa.