fbpx

Cobogós – onde usar e como escolher

Cobogos dicas de uso e como escolher

Um dos clássicos da decoração, o Cobogó, é um elemento legitimamente brasileiro. Surgido nos anos 1920 e natural do nordeste, sua referência vem do Muraxabi, uma técnica árabe de madeiras trançadas. Seu nome, é uma junção das iniciais dos sobrenomes de seus criadores:  Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góes. Anos depois, hoje o Cobogó conquista espaços renomados, como em espaços projetados por Oscar Niemeyer, e conquista aqueles que procuram unir o antigo ao atual.

Cobogó brasileiro

 

Ideal para separar espaços sem prejudicar a passagem de luz e ar pelo cômodo, os Cobogós possuem várias opções de modelo, fazendo com que possam ser aplicados das mais variadas formas.

Cobogo para separar ambientes.

Cobogós podem ser usados para separa ambientes e manter a luz natural.

 

Modelos

Dos clássicos do Cobogó estão os cerâmico e cerâmico esmaltado. O Cobogó Cerâmico relembra o elemento da década de 20. Ao escolher essa opção, o cômodo recebe uma característica rústica e aconchegante.

Cobogos ambiente tropical

 

No exemplo acima, o uso do Cobogó, a sombra rendada que ele provoca e os detalhes em madeira, reforçam o clima tropical da casa com vista para o mar.

Já o Cobogó Esmaltado é uma opção é para quem busca por um aspecto clean e moderno. Além disso, possui diversas opções de cores e formatos.

Cobogo sphera branco Elemento V

Cobogó Sphera Bianco da Elemento V

 

Nesse modelo, o Cobogó Sphera Bianco da Elemento V não está necessariamente separando um cômodo de outro ou liberando a entrada de luz. Para esse caso, se encaixa quase como uma peça decorativa e combina muito bem com a atmosfera do ambiente, além de harmonizar com as cadeiras.

Cobogo esmaltado

Cobogó esmaltado. Créditos: Arquitetura e Construção

 

Cobogó Sphera Bianco da Elemento V. Créditos: Foto divulgação.

Cobogó Raízes

Criado pela artista plástica e designer Ana Paula Castro, o Cobogó Raizes, feito de concreto bruto, é composto por uma trama de linhas que criam um efeito visual surpreendente.

Cobogo raizes

Cobogó Raizes da designer Ana Paula Castro. Créditos: Foto divulgação

 

Seu traços geram sensações de perspectiva e relevo, além do aspecto de elementos da natureza.

 

O Cobogó Raízes é construído por quatro blocos e seus lados não possuem uma ordem exata na hora da aplicação.

Cobogó Raizes
Aplicação

Os Cobogós, independente do seu modelo, podem ser aplicados em cômodos no interior do ambiente e também fora. Além disso, podem ocupar uma parede inteira ou apenas parte dela.

Cobogó para ambiente externo

Cobogó aplicado em ambiente externo. Créditos: Arquitetura e Construção

Aqui o Cobogó mantém a privacidade da casa sem tirar o charme da arquitetura.

Cobogós para jardins de inverno

Cobogós para jardins de inverno.

Substituindo a parede, é uma ótima opção para jardins internos pois permite a entrada de sol e ar para as plantas.

Cobogós para cozinha

Aqui o cobogó foi utilizado para dividir o ambiente da cozinha com área de serviço.

Dentro do ambiente, o Cobogó pode ser responsável por incrementar a decoração. Na cozinha acima, além de separar o cômodo da lavanderia, ele também se harmoniza com as cores e outros elementos presentes ali.

Veja mais sobre os produtos deste post: