fbpx

Atrás daquela curva tem uma reta: as linhas dos revestimentos geométricos na decoração de interiores

Revestimentos geométricos - A geometria na decoração de interiores

Por muito muito tempo foi bastante comum pensar em revestimentos apenas a partir dos modelos tradicionais de pastilhas e porcelanatos. Mas, atualmente, outros tipos de revestimentos que se comportam de uma outra maneira vêm roubando a cena. É o caso dos revestimentos geométricos.

Nos interiores eles aparecem se destacando em diversos espaços, concedendo beleza, modernidade e uma grande sensação de bem-estar para os momentos de lazer e trabalho, que em 2020, por causa da pandemia mundial pela qual estamos passando, passaram a dividir os mesmos ambientes, certo? 

Revestimentos geométricos
Foto: Reprodução/ Decoração e Arte

E não é de hoje que os padrões geométricos fazem sucesso, isso porque eles já estiveram presentes no dia a dia de diversas civilizações. 

Crescemos acostumados a escutar e estudar sobre Arquimedes, por exemplo, Euclides, Tales de Mileto e várias outras personalidades filosóficas, artísticas ou políticas. E nos livros de História, inclusive, juntinho a estes grandes nomes, podemos encontrar a geometria. 

Ela já foi vista até mesmo nas pinturas rupestres do período pré-histórico, nos castelos da Europa medieval e também em muitas comunidades do oeste africano – o que nos faz ter certeza que o uso dela influenciou o estilo de vida brasileiro também! 

geometria na história
Fonte: Reprodução/ Fazendo História

A Escola Bauhaus e a geometria

Além de todos os referenciais acima em que encontramos a geometria, é necessário destacar o movimento Bauhaus como um dos grandes responsáveis por disseminar toda essa estética no design de interiores. 

Os membros dessa escola de artes começaram a procurar estabelecer uma nova relação entre o artesão e a indústria, por exemplo. 

Por lá aconteceu um verdadeiro exercício de renovação cultural

Os alunos da escola eram expostos a conteúdos do ensino formal artístico como do ensino integrado ao artesanato.

Fundada em Weimar, na Alemanha, a escola estatal Bauhaus trouxe em sua estética algumas visualizações bem específicas para a geometria, principalmente para as linhas retas. 

bauhaus
Fonte: Reprodução/ Tipógrafos

E, de lá para cá, a geometria passou a fazer parte não somente da decoração e das artes plásticas, mas também da moda, e isso tudo por conta de suas formas e cores criativas e corajosas! Clássicos como o “Piet de Poule” e o xadrez “Vichy” fazem a cabeça de muita gente através dos anos. 

A geometria dos painéis no design de interiores

No Brasil, um grande nome do design impulsionou a entrada da geometria na arquitetura e na decoração também. 

E sim, estamos falando de Athos Bulcão. Um exemplo singular da expressão geométrica.

Athos foi responsável por dar cor a inúmeros projetos de Oscar Niemeyer, o que colaborou muito para destacar a fundamental relevância da arte na decoração.

Conheça mais sobre o artista neste Athos Bulcão neste conteúdo >

Algumas possíveis aplicações da geometria nos revestimentos de um projeto

Painéis

Uma primeira opção pode ser os painéis, que são sempre uma grande aposta quando se trata de ambiente amplos. 

Este tipo de revestimento tem sido muito buscado principalmente por conta da sua versatilidade, tendo em visto que com eles é possível deixar ambiente internos e externos muito mais agradáveis. 

Confira mais inspirações com painéis na decoração neste conteúdo>

As linhas retas, quando aplicadas corretamente, trazem a sensação de amplitude ao ambiente e, em ambientes já espaçosos, não pesam e se transformam em verdadeiras obras de arte. Inclusive, no piso. 

Como você pode conferir abaixo:

revestimento geométrico

Pastilhas 

Muito utilizada em banheiro e cozinhas – e fora deles também – as pastilhas deixam os ambientes mais alegres, além de serem muito práticas na hora da limpeza. 

Este tipo de material, como você já deve saber, é muito versátil e pode ser utilizado em conjunto com outros tipos de revestimento, fazendo que o espaço tenha mais personalidade ainda. 

E olha só a geometria muito presente aqui com as pastilhas:

revestimento geométrico
Fonte: Reprodução/DicasDecor

Ladrilhos hidráulicos

Essa opção sempre remeteu a uma abordagem mais retrô da decoração, por conta das ornamentações e outros detalhes, mas ultimamente os modelos geométricos também vêm fazendo a cabeça de inúmeros admiradores do item. 

Papel de Parede 

O papel de parede é um clássico, nós sabemos, e mesmo com as tendências mais práticas para revestimentos dos últimos tempos, como já comentamos neste conteúdo, eles ainda são muito procurados na hora de decorar.

Em muitos casos, por conta do seu baixo custo e facilidade de aplicação e remoção quando comparado a outros materiais, os papéis de parede acabam se tornando a opção mais viável para um projeto, o que é bom, porque eles garantem a quem vai decorar, a facilidade de mudar o ambiente e deixá-lo mais dinâmico quantas vezes forem necessárias

Ah, e mesmo com a praticidade dos papéis de parede, o cuidado na aplicação é indispensável, por isso certifique-se que a mão de obra contratada tem experiência com esse tipo de material.

Porcelanatos 

Outro modelo de revestimento bastante versátil e que você já conhece é o porcelanato. 

Suas diferentes texturas permitem a sua utilização tanto no chão, quanto nas paredes, trazendo a oportunidade de modificação de todo o ambiente se necessário. 

https://www.instagram.com/p/BvP1Un2lHPw/

Como por exemplo o revestimento Bailarina Tri NAT, que pode ser utilizado em todas as dependências residenciais e em ambientes comerciais de tráfego médio.

Ou você pode ousar no projeto escolhendo a coleção Dom, perfeita para ambientes contemporâneos e atuais, e que também é um porcelanato. 

Nessa aplicação, a textura do cotto e a cor do cimento formam uma combinação perfeita para a criação de ambientes criativos e excêntricos.

Mas será que o mercado tem opções geométricas bonitas e funcionais para o meu projeto?

Sim! E nós podemos provar!

E o legal é que a variedade é uma realidade no mercado atual. 

Então, na hora de escolher, você pode tranquilamente encontrar algum produto que faça realmente sentido com toda a atmosfera do seu projeto. Veja só:

Azulejos

Se a ideia é escolher azulejos, você pode optar por relevo e geometria ao mesmo tempo. 

Como é o caso do azulejo Diamante Matte da Portinari, por exemplo, que é ideal para aplicação em ambientes externos como quintais, mas que também pode ser utilizado em cozinhas sem problema algum.

Aproveitando os clássicos

E para quem gosta de apostar na segurança de um clássico, uma alternativa perfeita são os azulejos Beatles, que são inspirados nas maiores estações de metrô do mundo! 

Apesar da origem externa, esse modelo de azulejo da Decortiles funciona muito bem em ambientes internos.

Revestimentos 3D

E para projetos com mais personalidade, você também pode escolher as opções que imitam um efeito 3D. 

A Coleção Decortiles é perfeita para isso! 

O efeito tridimensional do Carbone Deluxe não passa despercebido na decoração, principalmente pra quem ama inovar. Em cores clássicas e modernas, esse tipo de revestimento porcelanato se destaca em qualquer circunstância. Lindo, né?

Cerâmicas

Quando falamos que a geometria estava muito presente nos revestimentos e que o mercado estava prontinho para atender essa tendência, com certeza não estávamos brincando! 

E a série 1900 de cerâmica hidráulica de alta resistência não nos deixa mentir. 

Ela é indicada para revestimentos de paredes e também de pisos, e a sua espessura, quando aliada à resistência, a transforma em uma opção de fácil instalação, inclusive. 

Além de linda, a 1900 é também muito funcional.

E estes são apenas alguns exemplos de materiais que podem ser utilizados para deixar os ambientes mais contemporâneos e lindos. 

Ah, e vale lembrar que o uso de formas geométricas no revestimento não precisa ser necessariamente de maneira simétrica, ok?

Linhas retas e formas geométricas aguentam muita criatividade!

Mas geometria apenas nos revestimentos?

Com certeza, não! 

Na hora de conceder vida e história aos ambientes, você também pode investir em outros itens de decoração geométricos, como quadros e tapetes. 

E sem falar do mobiliário. Se você quiser se inspirar na escola Bauhaus, por exemplo, existem coleções específicas só sobre ela, e com móveis lindos, olha só:

E o mais impressionante de tudo isso, é que os móveis da Bauhaus foram completamente elaborados para serem funcionais acima de todas as outras qualidades estéticas. 

Componentes básicos de um mobiliário, como mesas ou pernas de cadeiras, foram reduzidos para apresentar formas geométricas simples e elegantes, o que contribui muito para a beleza dos ambientes internos.  

Geometria é uma paixão nossa!

Enfim, vimos que desde os famigerados homens das cavernas, há mais de sete mil anos, que nós, seres humanos, decoramos com geometria as paredes de nossas habitações e produzimos os objetos que nos cercam diariamente. 

No passado, paredes de cavernas e utensílios de cerâmica pré-históricos certificam a antiguidade dessa nossa paixão pelo geometrismo que acompanha o homem até hoje em móveis, tapetes, luminárias, objetos de decoração e no design de interiores em geral. 

Alguns estudiosos sustentam até que nenhuma corrente esteve presente por tanto tempo na história da arte quanto o geometrismo, acredita? Que passou forte por aqui de 5.000 a.C. a 500 a.C.

E especificamente para a decoração de interiores, é fundamental lembrar também que para qualquer estilo geométrico aplicado em uma residência, seja contemporâneo ou retrô, a geometria dos ambientes não podem ser esquecidas. 

Isso inclui considerar o formato do cômodo e até mesmo o formato e disposições das janelas e portas.

Apenas esse conjunto de observações garantirá um melhor aproveitamentos das padronagens estéticas geométricas para uma decoração perfeita, ok?

Continue acompanhando o nosso blog para não perder as novidades do mercado. Siga também o nosso Instagram para conferir tudo o que há de novo na Tanto!