fbpx

Arquitetura biomimética: as expressões e a funcionalidade da natureza

Por 6 de abril de 2020Decoração
Arquitetura biomimética

A natureza é uma fonte de inspiração contínua para a criatividade humana. Das artes plásticas à escrita, ela sempre foi uma referência para todas as formas de arte. E é claro que a arquitetura também não poderia ficar fora disso! Tanto que recebeu até uma nomenclatura: arquitetura biomimética.

Estamos passando por épocas de grandes renovações na arquitetura e design de interiores. O contato com a natureza é claramente mais aproveitado em todos os projetos, mas além disso, a inspiração nas formas da natureza, também é uma grande tendência que ocupa cada vez mais espaços internos e externos.

Seja na conexão direta com o meio ambiente, trazendo plantas para a decoração de interiores ou investindo em jardins com aspectos naturais, ou nas formas trabalhadas diretamente na arquitetura, a natureza volta a ocupar o seu espaço, mas em harmonia com o dia a dia das pessoas.

Mas, no fim das contas, o que é biomimética? 

Se você está chegando agora nessa nova tendência, é importante entender o que ela significa exatamente.

Basicamente, a biomimética é uma área da ciência que estuda as estruturas biológicas e as suas funções. O foco é aprender com a natureza e utilizar esse conhecimento adquirido em diferentes contextos.

Aplicando no contexto da arquitetura, a biomimética é utilizada para trazer, de forma estratégica, não somente as belas formas da natureza, mas também as vantagens que essas suas formas possuem.

Aqui, não estamos falando apenas da estética (e é muito importante que isso fique claro), mas também da função! Ou seja, a união da beleza da expressão da natureza com as suas funções essenciais.

A ideia principal da arquitetura biomimética é criar construções ou ambientes que possuam uma eficiência energética e funcional.

É importante afirmar que existem outros termos que também podem se encontrar com a biomimética, como o design biofílico ou o design biomimético, que também possuem o mesmo propósito e são termos que fazem parte das rodas de discussões sobre as tendências da arquitetura e do design de interiores.

Qual é a maior vantagem da arquitetura biomimética?

É importante deixar claro que não estamos falando apenas da beleza gerada através da inspiração da natureza, mas sim das formas como a natureza se organiza e que geram benefícios para as suas estruturas. É claro, isso impacta também a sua estética.

Ou seja, a principal vantagem da arquitetura biomimética é utilizar a natureza como fonte de ideias para a criação de soluções que resolvam problemas da sociedade, unindo a estética, a funcionalidade e a sustentabilidade.

E como muito de vocês já sabem, a preocupação com a sustentabilidade não vem de hoje e já é considerada uma tendência para as criações arquitetônicas, bem como para o mercado de decoração de interiores.

De revestimentos que são produzidos com um viés sustentável, até mesmo a tendência do consumo sustentável estão entre assuntos que geram diversas discussões para o meio.

Inspire-se: a biomimética na prática

Se você nunca tinha ouvido falar sobre essa vertente da arquitetura que se inspira na natureza, deve estar pensando: ok, mas e como é na prática?

Para as grandes cidades, a Biomimética pode trazer diversos benefícios voltados ao melhor aproveitamento da energia e de outros recursos, além de criar designs que evocam a conexão com o que é natural.

Fonte: Livinspaces

Esse edifício no Zimbabue, conhecido por Eastgate Center, é inspirado nos cupinzeiros africanos, e essa inspiração faz com que o prédio inteiro não precise de regulação de temperatura interna, mantendo-a regular durante o ano inteiro.

Já na decoração de interiores, a arquitetura ou design biomimético se revelam, principalmente, nas formas do mobiliário.

Mas, também é possível trazer essas inspirações para revestimentos ou painéis, como é o caso do cobogó raízes, de Ana Paula Castro.

Fonte: Tanto – Cobogó Raízes: Ana Paula Castro

O cobogó, que está disponível nas lojas Tanto, é uma inspiração direta na natureza e traz a possibilidade de criar ambientes que privilegiam a iluminação natural, bem como a entrada de ar fresco.

Clique aqui para saber mais informações sobre o Cobogó Raízes de Ana Paula Castro!

Tem interesse em saber mais sobre cobogós? Temos um conteúdo exclusivo para você aqui!

É muito importante pensar na natureza!

Viu só como é possível fazer da conexão com a natureza ir além de apenas uma inspiração estética. Estamos vivendo momentos onde essa relação deve ser muito mais profunda, sendo pensada e concebida de uma forma em que nunca traga danos ao meio ambiente e que contribua, de alguma forma, à preservação.

Vá além nos seus projetos, abuse da inspiração na natureza!

Continue acompanhando o nosso blog para mais tendências e movimentações do mercado de arquitetura e decoração de interiores! Siga também o nosso Instagram para mais novidades!