fbpx

A essência brasileira na arquitetura e no design de revestimentos

Por 8 de junho de 2020Revestimentos
Arquitetura brasileira e design de revestimentos

A arquitetura e o design de interiores possuem uma história incrível, recheada de grandes nomes e trabalhos que moldaram o que vemos hoje.

Precisamos valorizar a nossa produção, artística e criativa, para não só construirmos referências baseadas na nossa cultura, como também aplicarmos em nossos projetos as peças produzidas aqui em nosso país.

E para valorizar o presente, precisamos conhecer um pouco do passado.

Só assim conseguiremos entender qual é a verdadeira essência brasileira presente na arquitetura e design de interiores. 

É claro que o nosso ponto aqui é mostrar um pouco da atual produção artística brasileira envolvendo as cerâmicas e os revestimentos que podem compor magnificamente a decoração de diversos ambientes.

Mas para entender como chegamos até aqui, vamos visitar um pouco o passado?

A história da arquitetura do Brasil

Para entender mais a fundo as nossas influências na decoração de interiores, bem como na produção de cerâmicas, vamos entender um pouco sobre nossas influências arquitetônicas de maneira geral.

O início

Como país colonizado, inicialmente o Brasil teve influência direta da arquitetura europeia. Na época da nossa colonização, o povo indígena possuía uma arquitetura rudimentar, mais focados na prática habitacional.

Mas isso não quer dizer que, durante esse período, a arquitetura nacional não tenha sofrido influências indígenas. 

Muito pelo contrário: nunca podemos deixar as influências indígenas de lado, visto que foram os primeiros povos a ocuparem o nosso país e com certeza a sua produção traz reflexos para a história da arquitetura brasileira.

Grande parte dos edifícios civis eram construídos com técnicas diretamente influenciadas pela arquitetura indígena. Já a elite do país, valorizava muito mais as referências europeias…

Vale lembrar que passávamos por uma influência direta e forte de Portugal.

Mas é claro que, em um curto espaço de tempo, nós adquirimos uma identidade na forma como as nossas construções eram realizadas. 

É o caso da arquitetura sacra, que ao chegar ao Brasil, adquiriu uma característica decorativa mais ostensiva, com mais pompa e luxo, o que acabou gerando o aparecimento do estilo Barroco.

O tempo passa…

Vamos dar alguns saltos no tempo para entendermos de forma mais rápida onde estamos, ok? A ideia aqui não é ser um historiador da arquitetura brasileira, mas mostrar quais foram os contextos da nossa evolução…

Com o passar do tempo, entre os séculos XVIII e XIX, a evolução da arquitetura se deu primeiramente com o surgimento do Neoclassicismo, recebendo influência dos franceses.

Na sequência, surgem escolas Déco, com influências diretas da tradição do estilo Barroco.

Mas o modernismo não tarda a aparecer…

O modernismo conquistou a arquitetura brasileira, possuindo diversos representantes históricos desta fase em muitos lugares do nosso país e tendo, como um de seus arquitetos, um dos nomes mais importantes da arquitetura nacional: Oscar Niemeyer. 

Hoje

Desde o modernismo, a arquitetura brasileira continua a sua trajetória, sendo muito respeitada e conquistando diversas pessoas ao redor do mundo.

Vale ressaltar que, na atualidade, existe uma crescente preocupação da arquitetura em tornar as suas construções cada vez mais sustentáveis e ao mesmo tempo, que conversem com esse contexto globalizado em que estamos passando, revelando uma realidade completamente multirreferencial e multifacetada. 

O impacto da história da arquitetura no design de revestimentos brasileiro

Não podemos e não conseguimos separar a história da arquitetura da história do design de interiores no Brasil.

Afinal, o design de interiores também faz parte da arquitetura e dos projetos arquitetônicos.

Portanto, falar sobre a história de revestimentos, de cerâmica, etc, é falar também sobre a evolução histórica da arquitetura nacional.

Ou seja, o mesmo fluxo que descrevemos acima, tem impacto direto na forma como trabalhamos os revestimentos na decoração dos ambientes com o passar do tempo.

Vamos fazer uma rápida linha do tempo aqui (linha do tempo inspirada em matéria divulgada pela Folha de S. Paulo):

  • Século 18: revestimentos cerâmicos de estilo barroco, com diversos ornamentos e uma pintura com estética claramente portuguesa são recebidos no Brasil.
  • Século 19: a cerâmica se adaptou bem ao cenário brasileiro, até mesmo devido ao clima do país, e logo se espalhou e conquistou adeptos.
  • 1960: azulejos decorados fizeram sucesso e marcaram a década de 60, possuem foco na arte da pintura, com influência dos azulejos portugueses do século 18.
revestimento Eliane antigo
Fonte: Folha de S. Paulo – Revestimento decorado clássico da Eliane Revestimentos
  • 1970: as superfícies texturizadas começam a surgir como uma aposta para os revestimentos da época.
  • 1980: década marcada pela presença do tijolo.
  • 1990: composição dos ambientes era marcada pelo uso de tozetos nos revestimentos. Além disso, a década de 90 é marcada pela chegada do porcelanato em solo nacional.
  • 2010: a impressão digital começa a tomar conta dos revestimentos, com foco em trazer mais realismo aos revestimentos que imitam materiais naturais, como a madeira.
  • 2020: Resgate a uma tradição da presença da arte nos revestimentos cerâmicos. Os azulejos decorados voltam, repaginados e modernos, os revestimentos 3D começam a trazer imitações ultrarrealistas da madeira e de outros materiais naturais.

Percebe como o contexto histórico é praticamente o mesmo?

É claro que vale se debruçar sobre uma linha do tempo dos revestimentos, para entender como foi a evolução mais profunda nas técnicas da cerâmica e como elas exalavam a essência do estilo arquitetônico da época.

Mas agora vamos falar sobre os revestimentos nos dias de hoje?

Como ressaltamos no início desta matéria, precisamos dar muito mais valor para a arquitetura e o design brasileiros, só assim conseguiremos ainda mais destaque para os nossos projetos.

E é claro que nós não poderíamos deixar de falar sobre como o design de revestimentos brasileiro está hoje. 

Você já conseguiu visualizar um pouco disso na linha do tempo que trouxemos anteriormente, mas vamos explicar um pouco mais a fundo.

Para isso, vamos entender um pouco do contexto atual.

A verdade é que estamos passando por uma grande mudança na arquitetura e design de interiores. Cada vez mais estamos valorizando a nossa natureza, flora, fauna e a nossa cultura… E isso está sendo levado para o design de revestimentos.

Estamos passando por um resgate às tradições, inclusive as tradições indígenas que foram ignoradas pelos colonizadores há séculos. 

A ideia da arquitetura e do design de interiores, hoje, é trazer a tona a essência brasileira, a natureza, nosso patrimônio, nossa expressão. 

Por isso, alguns nomes são fortíssimos na cena nacional. 

Trouxemos alguns para você conhecer:

Athos Bulcão

azulejo athos bulcão
Fonte: Lurca

Conhecido por utilizar serigrafia nas cerâmicas, Athos foi um artista que já trabalhou para diversas fabricantes de revestimento brasileiras.

Athos foi um dos precursores do uso da técnica geométrica, tão presente nos anos 50 e 60 no Brasil, tendo atuado, até mesmo, como assistente de Cândido Portinari.

Além disso, esteve ao lado de Oscar Niemeyer na construção de Brasília, sendo conhecido por ser o azulejista que coloriu Brasília.

Calu Fontes

A artista Calu Fontes é um dos nomes atuais mais fortes da cena azulejista do país, com esse foco em trazer a arte para os revestimentos.

Já fez parcerias com diversas fabricantes, entre elas, a Eliane Revestimentos. 

Calu Fontes é uma ilustradora por natureza e traz em suas obras toda a sua personalidade, influências da estética brasileira, bem como da nossa natureza.

Paulo Niemeyer

revestimentos painéis Paulo Niemayer
Fonte: Studio Decortiles Eliane

Neto do renomado arquiteto brasileiro, Paulo Niemeyer também traz a sua arte através dos revestimentos e de painéis, inspirados diretamente em seu avô.

A cena brasileira ganha cada vez mais força

Viu só como a arquitetura brasileira está ganhando cada vez mais força, com nomes importantíssimos para o mercado de decoração e design, estamos encontrando cada vez mais reconhecimento.

Então que tal levar um pouco de arte para os seus projetos de decoração de interiores?

Recentemente, foi inaugurada uma nova boutique de revestimentos no CasaShopping da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

A Studio Decortiles Eliane é uma loja conceito, com foco em resgatar a arte dos revestimentos cerâmicos de pequenos formatos. 

Venha conferir a variedade de formas que você pode inserir em seus projetos! Clique no banner abaixo e visite o site oficial da Studio Decortiles Eliane.

Studio Decortiles Eliane

Para saber mais sobre o mercado de decoração, os revestimentos ideais para os seus projetos, acompanhar tendências e nomes importantes do mercado, siga o nosso Instagram e continue acompanhando o nosso blog.