fbpx

5 Dicas de aplicação de revestimentos em grandes formatos

Por 24 de agosto de 2018Decoração
Pavimentos+Efeito+de+mármore+Branco-statuario-classico-01 (1)

Em ambientes comerciais ou residenciais, as vantagens do revestimento em grande formato têm atraído cada vez mais a atenção de arquitetos e designers de interiores. Eles proporcionam leveza, amplitude e criam uma composição harmônica e de continuidade em todos os ambientes. Uma vez que exigem menos rejunte, a opção de falta de “quebra” em sua paginação, contribui para que se tenha um impacto visual perfeito de ambiente espaçoso e renovado.

Os pisos de grandes formatos estão em alta não só por conta do seu excelente acabamento, mas também porque possuem uma menor probabilidade de manutenção. Eles são versáteis e resistentes, por isso, também são muito utilizados em ambientes externos. Mas, para que o projeto de arquitetura seja executado com excelência, é fundamental que alguns procedimentos sejam cumpridos. Os grandes formatos exigem cuidados específicos para assegurar a maior durabilidade do piso e também para garantir segurança e um visual refinado.

 

Os revestimentos em grandes formatos precisam de cuidados especiais de aplicação. Entenda melhor este processo.

 

 

1 – A importância do nivelamento

Os cuidados com a aplicação vão além da escolha do revestimento ideal. Um dos principais pontos para que o piso fique com a montagem precisa, segura e com acabamento adequado está diretamente relacionado ao assentamento. Uma vez que o piso está nivelado é possível proporcionar uma alta performance do revestimento e fazer com que, ao final da instalação, tudo esteja proporcional e seguro.

 

2 – Assentamento duplo

Uma vez que o formato do revestimento especial é grande, o assentamento precisa ser proporcional, ou seja, de dupla camada. Isto consiste na aplicação da argamassa apropriada na base e no verso da placa.

 

3 – Argamassa de alto desempenho

Os grandes formatos de revestimento, exigem técnicas e materiais adequados. Esta nova realidade da construção, fez com que o mercado lançasse opções de argamassa compatíveis à necessidade de fixar as peças maiores. A textura precisa ser colante, com flexibilidade, ter alto desempenho e uma aderência maior. Utilizar produtos com esta tecnologia é a melhor opção para a durabilidade das peças e também para o assentamento eficiente.

 

3 – Espaçamento das juntas

Ao utilizar pisos de grandes formatos no projeto de arquitetura e decoração da casa, a intenção por trás é também de se criar um ambiente onde se tenha um plano único de revestimento. A ideia de continuidade e ambiente esguio é alcançada principalmente se o intervalo das juntas entre os revestimentos for cada vez mais fino. As cruzetas com tamanhos variáveis de 1 a 8 milímetros, auxiliam na padronização do tamanho e faz com que o espaçamento não fique largo, o que pode comprometer o aspecto visual do projeto.

 

5 – Elimine a possibilidade de cordões

Como os revestimentos em grandes formatos têm uma  área maior, a probabilidade de ter cordões é proporcional. Por isso, é indispensável utilizar o martelo de borracha no amassamento deles. O som da batida ajuda a identificar os pequenos locais que não foram preenchidos adequadamente com a argamassa e em seguida, preencher as lacunas.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o nosso blog, veja também as tendências da decoração e outras dicas no Facebook e Instagram.