Julio Saens

NOTA DE
FALECIMENTO

Carlos Alberto Castelo Branco

Sem grande pesar, mas já sentindo uma saudade imensa, comunico a morte do meu livro "A máquina de pensar bonito contra o medo que o medo faz". Nos últimos 18 anos, ele esteve nas prateleiras das livrarias e bibliotecas, nas listas dos "mais vendidos" e nas mãos e mentes de milhares de jovem leitores, muitos dos quais conheci pessoalmente, em visitas a centenas de colégios, onde as crianças fazem todo tipo de pergunta, na esperança de descobrir que tipo de bicho é esse tal de escritor.
   Ganhador do "Prêmio Instituto Nacional do Livro/84", do Ministério da Educação e Cultura, e lindamente ilustrado por Everaldo P. da Silva Jr., também premiado por esse trabalho, "A máquina de pensar bonito" teve uma vida cativante e bela, conduzida pelas mãos competentes e sensíveis do editor Geraldo Jordão Pereira, sua mulher e parceira Regina, seus filhos e parceiros Marcos e Tomáz e toda a equipe da Editora Salamandra.
   Há dois anos, a Salamandra foi incorporada pela poderosa Editora Moderna e Geraldo e sua turma concentraram seu talento na Editora Sextante, onde continuam a fazer história com livros de arte de grandes artistas. Há um ano, a Editora Moderna foi comprada por um dos maiores grupos editoriais do mundo, o Santillo, se não me engano, mas com grande chance de estar enganado.
    Quando anunciaram que os espanhóis estavam chegando, delirei : "A máquina de pensar bonito" vai correr o mundo. Os caras são poderosos. Seus livros se contam em milhões de exemplares por edição. "A máquina" está vendendo há quase 20 anos. Já vendeu mais de cem mil exemplares. Só no ano passado, vendeu 980 exemplares. Três exemplares por dia, dia a dia, um dia após o outro. Os espanhóis perguntaram : " Vendeu quantos?" E decidiram : "Corta". Eles acham graça quando ficam sabendo que, no Brasil, livro que vende três mil exemplares é um sucesso. "Corta", disseram, e me mandaram uma carta anunciando a morte. Claro que, durante alguns anos, você ainda poderá ver "A máquina" vagando por bibliotecas, o purgatório dos livros. Mas não é a mesma coisa...

* Jornalista e escritor, autor de diversos livros, entre eles
"A máquina de pensar bonito contra o medo que o medo faz"  Ed. Salamandra
e "Conexão Sardinha", Ed. Nova Fornteira

voltar